quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Tu e eu...juntas e em paz.......




Esta noite…esta noite senti-me calma e livre….
Simplesmente dirigi-me ao meu quarto e acendi a luz e fiquei a ver o esvoaçar das cortinas…senti-me bem……
Entrei no quarto, abri o armário e tirei de lá a roupa que necessitava e mudei-me…
A janela estava entreaberta e o vento da noite fazia num movimento regular movimentar as cortinas.
Dirigi-me para a minha varanda e deixei-me ficar na soleira, entre a luz artificial e a escuridão da noite…fiquei no “limite”…. Deixei-me ficar a sentir o vento a acariciar-me a face, a sentir o cheiro da noite, a apreciar o seu silencio…
Para apreciar de uma forma mais intensa, saí para a varanda e encostei-me às grades e fechei os olhos… Limitei-me a não pensar….mente aberta….sem nada nem ninguém… olhei para o céu e vi as estrelas….
Deixei-me ficar, libertando-me dos sentimentos e pensamentos….
Gostei de olhar para ela, de estar com ela…. Gostei da noite porque deu-me aquilo que precisava: paz e calma…
Minutos depois desviei as cortinas e entrei no quarto mas antes dei uma última olhadela ao céu e esbocei um sorriso.
Abri o armário e retirei as almofadas, desviei as roupas da cama e deitei-me….
Senti-me calma…prometi não pensar pelo menos esta noite… quis dormir apenas…
Aconcheguei-me no meu ninho e adormeci livre das amarras (pensamentos e sentimentos menos positivos).
Hoje estivemos juntas em “comunhão”: eu e a noite.
Juntas e em paz…….

3 comentários:

  1. Gostei sim =)

    Continua a inspirar-te.... fazes tu mto bem!!!

    Beijinhu*

    ResponderEliminar
  2. Desculpe, agora vi lá no perfil mas seria uma ideia assinares teu nome junto com o poema. Bjs

    ResponderEliminar